Como funciona o mercado de Publicações Acadêmicas?

Para quem recém ingressou no ensino superior, ou fez seu primeiro trabalho científico e não conhece muito bem o meio acadêmico, a questão das publicações pode parecer extremamente complicada. De fato, as publicações acadêmicas não são uma tarefa simples, mas a categoria em si não é um mistério completo.

Características de uma publicação científica

Uma publicação científica de qualidade, como um artigo publicado em um periódico reconhecido em seu meio, por exemplo, conta com rigor técnico e rigor de forma.

O rigor técnico é a necessidade de o pesquisador obedecer às regras científicas de seu meio, ou seja: fazer os testes de forma legítima e não tendenciosa, basear-se em fontes confiáveis, e seguir os procedimentos de acordo com a metodologia de pesquisa e produção que sua área de conhecimento exige.

O rigor de forma, por sua vez, é o que trata dos aspectos visuais e formais do trabalho, que incluem a fonte, o espaçamento, as margens, as referências e citações utilizadas através de toda a publicação. Neste sentido, é aconselhável contar com a ajuda profissional de uma editora que tenha experiência na área, pois um descuido pode levar ao plágio, que é um crime.

A PoloPrinter oferece um serviço de acompanhamento para o pesquisador, que envolve toda a revisão do trabalho, que garante que ele esteja de acordo com os padrões dos periódicos mais reconhecidos em cada meio. Confira aqui o serviço editorial para publicações acadêmicas da PoloPrinter.

Meios de publicação

Há algumas maneiras tradicionais se publicar um trabalho científico de forma a enriquecer o currículo do pesquisador. As formas mais comuns são através de periódicos conhecidos na sua área, onde o artigo é avaliado por uma banca de profissionais experientes naquele tema, e – se aprovado – publicado de forma integral. Diferentes periódicos possuem diferentes avaliações, que, na prática, dão maior prestígio para sua publicação.

Também é possível fazer uma publicação através dos anais de eventos, nos quais o artigo é publicado após ser apresentado durante o evento, para todos os presentes na ocasião, o que é uma prática acadêmica importante e necessária para aqueles que ainda desejam estar no meio científico após sua graduação.

Outra forma respeitada de realizar uma publicação, é através de livros que reúnem artigos e estudos sobre um mesmo tema, geralmente idealizados por referências naquela área. Pessoas que são reconhecidas em seu próprio meio também possuem a opção de publicar de maneira independente – neste caso, a editoração também é essencial, para não correr o risco de desprestigiar seu trabalho com uma qualidade baixa de apresentação do material.

As publicações e o mercado de trabalho

O mercado de trabalho para aqueles que pretendem seguir como pesquisadores geralmente está ligado à docência. Neste caso, a quantidade e a qualidade de sua publicações são determinantes para definir o quão bom e relevante é um profissional para sua área, e a maioria das universidades paga horas de trabalho exclusivamente dedicadas à pesquisa.

Para quem ainda não possui um currículo completo o bastante para iniciar na docência, há opções: diversas bolsas de iniciação científica e de pesquisa são disponibilizadas todos os semestres para aqueles que desejam trabalhar com pesquisa e, consequentemente, publicação acadêmica nos mais diversos níveis da educação superior?

Para quem recém ingressou no ensino superior, ou fez seu primeiro trabalho científico e não conhece muito bem o meio acadêmico, a questão das publicações pode parecer extremamente complicada. De fato, as publicações acadêmicas não são uma tarefa simples, mas a categoria em si não é um mistério completo.

Características de uma publicação científica

Uma publicação científica de qualidade, como um artigo publicado em um periódico reconhecido em seu meio, por exemplo, conta com rigor técnico e rigor de forma. O rigor técnico é a necessidade de o pesquisador obedecer às regras científicas de seu meio, ou seja: fazer os testes de forma legítima e não tendenciosa, basear-se em fontes confiáveis, e seguir os procedimentos de acordo com a metodologia de pesquisa e produção que sua área de conhecimento exige.

O rigor de forma, por sua vez, é o que trata dos aspectos visuais e formais do trabalho, que incluem a fonte, o espaçamento, as margens, as referências e citações utilizadas através de toda a publicação. Neste sentido, é aconselhável contar com a ajuda profissional de uma editora ou gráfica que tenha experiência na área, pois um descuido pode levar ao plágio, que é um crime.

A PoloPrinter oferece um serviço de acompanhamento para o pesquisador, que envolve toda a revisão do trabalho, que garante que ele esteja de acordo com os padrões dos periódicos mais reconhecidos em cada meio. Confira aqui o serviço editorial para publicações acadêmicas da PoloPrinter.

Meios de publicação

Há algumas maneiras tradicionais se publicar um trabalho científico de forma a enriquecer o currículo do pesquisador. As formas mais comuns são através de periódicos conhecidos na sua área, onde o artigo é avaliado por uma banca de profissionais experientes naquele tema, e – se aprovado – publicado de forma integral. Diferentes periódicos possuem diferentes avaliações, que, na prática, dão maior prestígio para sua publicação.

Também é possível fazer uma publicação através dos anais de eventos, nos quais o artigo é publicado após ser apresentado durante o evento, para todos os presentes na ocasião, o que é uma prática acadêmica importante e necessária para aqueles que ainda desejam estar no meio científico após sua graduação.

Outra forma respeitada de realizar uma publicação, é através de livros que reúnem artigos e estudos sobre um mesmo tema, geralmente idealizados por referências naquela área. Pessoas que são reconhecidas em seu próprio meio também possuem a opção de publicar de maneira independente – neste caso, a editoração também é essencial, para não correr o risco de desprestigiar seu trabalho com uma qualidade baixa de apresentação do material.

As publicações e o mercado de trabalho

O mercado de trabalho para aqueles que pretendem seguir como pesquisadores geralmente está ligado à docência. Neste caso, a quantidade e a qualidade de sua publicações são determinantes para definir o quão bom e relevante é um profissional para sua área, e a maioria das universidades paga horas de trabalho exclusivamente dedicadas à pesquisa.

Para quem ainda não possui um currículo completo o bastante para iniciar na docência, há opções: diversas bolsas de iniciação científica e de pesquisa são disponibilizadas todos os semestres para aqueles que desejam trabalhar com pesquisa e, consequentemente, publicação acadêmica nos mais diversos níveis da educação superior.

 

 

Clientes que confiam na PoloPrinter

USP
UNICAMP
PUCSP
UFSCAR
Unifran
Unifesp
Insper
FIA
feusP
fea-usp
IC
Adolf Lutz
SESI
SENAI
SENAC
TUSP